segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

TODO HOMEM É UM FERNANO PESSOA


PITOCUDO AFIRMOU QUE EU NÃO ERA POETA(AGORA DEU DE FICAR OLHANDO EU ESCREVER), COMO SABIA QUE QUERIA IMPLICAR COMIGO, PERGUNTEI-LHE:
--O QUE É UM POETA?
--ELE NÃO SOUBE DIZER.
VOU DIZER O QUE É UM POETA E O QUE É POESIA.
OLHAR O MUNDO COM PENA, APRECIAR O QUE VEM ACIMA, NÃO DEPRECIAR O QUE VEM ABAIXO, RESPEITAR A TODOS, NÃO POR DINHEIRO, NÃO POR OCUPAÇÃO, MAS POR SABER QUE TODO HOMEM É UM FERNANDO PESSOA QUE NÃO ESCREVE COMO O POETA. TEM AS MESMAS DORES E AMORES REJEITADOS, AS MESMAS FRAQUEZAS DISFARÇADAS EM FORÇA INEXISTENTE.
TODO HOMEM É UM FERNANDO PESSOA, NADA DEMAIS HAVIA NO AUTOR DE "MENSAGENS", SÓ O PODER REVELAR POR PALAVRAS, AS DORES MAIS ORDINÁRIAS, O QUE SOMOS TODOS, O QUE SEREMOS SEMPRE.
ENTÃO POETA TODOS SÃO, EXCLUINDO-SE OS ASSASSINOS, OS DELINQUENTES, OS LADRÕES DE SONHOS, OS QUE QUEREM O MAL, OS PRECONCEITUOSOS.
POESIA É VER NO COTIDIANO DE UM PESSOA O QUE O PESSOA SENTIA, E SABER QUE PRETO, BRANCO, VEADO, OU SANTO, TODO MUNDO É UM, É MIL, É UM FERNANDO PESSOA.

Um comentário:

Mirse Maria disse...

Que delícia de postagem com um dos meus poetas favoritos.

"HOMEM É UM FERNANDO PESSOA QUE NÃO ESCREVE COMO O POETA. TEM AS MESMAS DORES E AMORES REJEITADOS, AS MESMAS FRAQUEZAS DISFARÇADAS EM FORÇA INEXISTENTE."

Maravilhoso este destaque.

Parabéns, POETA!

Beijos

Mirse