segunda-feira, 3 de novembro de 2008

EM TEMPOS DE GLOBALIZAÇÃO, EM DIAS DE ELEIÇÕES NOS EUA, UM DIA DEPOIS DO VASCO MASSACRAR O FLUMINENSE, NO DIA EM QUE A POESIA ME ACENA COM UM ACENO AGRESTE, SECO, DE CAATINGA, NESSE DIA, ESCUTANDO LUIZ GONZAGA, O QUE NADA MAIS É DO QUE UMA LENDA, EU ME COMOVO. LUIZ GONZAGA, TRAZ NA VOZ TODO O LUGAR QUE AMO. UM NEGRO CANTANDO BLUES, DIZ ALGO A UM AMERICANO? O TANGO É ALMA DA ARGENTINA, COMO O FADO É A DE PORTUGAL? A BOSSA NOVA DIZ ALGO SOBRE A ZONA SUL CARIOCA, O FREVO DIZ ALGO DE PERNAMBUCO? CAETANO E GIL SE PARECEM COM A BAHIA? SIM, MAS NENHUM DESSES CASOS ACIMA PODE SE COMPARAR AO QUE GONZAGA REPRESENTA PARA SUA GENTE. GONZAGA É O LUGAR QUE CANTA, E COMO É TRISTE O LUGAR, É TRISTE O CANTAR.


O ÚNICO SANTO DE FATO. A IGREJA TEM CANONIZADA ATÉ ATEU, MAS GONZAGA NÃO. PORQUE ONDE ESTÁ GONZAGA, NÃO PODE ESTAR PIO XII, ONDE GONZAGÃO ESTIVER, DEUS ESTÁ PRÓXIMO. SE ALGUÉM O ACHA POUCO SOFISTICADO, NÃO SABE O QUE É SOFISTICAÇÃO, SE ALGUÉM NÃO GOSTA DELE, TUDO BEM, SE ALGUÉM RI DA MÚSICA DELE, É DIGNO DAS MÚSICAS QUE GOSTA. O VELHO LUA CUJO NOME LINDO É DE MEU PAI E DE MEU FILHO, ME COMOVE SEMPRE. NUNCA HOUVE UM CANTOR TÃO FIEL A PRÓPRIO, DIZ-SE QUE CAETANO É UM EXEMPLO DE ARTISTA PURO, QUE LEVA UM PROJETO PESSOAL ACIMA DA MERCANTILIZAÇÃO DA MÚSICA, PELO MENOS COMO PRINCÍPIO PRIMEIRO, É VERDADE, SE O BAIANO GANHA MILHÕES HOJE FAZENDO PROPAGANDA DE CARROS, ELE COLHE FRUTOS DE PROJETOS OUSADOS, PODE-SE DIZER QUE O MERCADO SE RENDEU A ELE, NÃO O CONTRÁRIO. MAS EM SE TRATANDO DE ARTISTA PURO, LIMPO E VIRGEM, GONZAGA É O MAIS DE TODOS.


QUANDO CANTA O NORDESTE, FALANDO DE UM VAQUEIRO ABOIANDO, PODE PARECER CÔMICO AO IDIOTA DESAVISADO, PORQUE TEM IDIOTAS CULTOS, ISSO SE SABE, MAS AO CARA QUE ACHA GRAÇA NOS ERROS DE PORTUGUÊS DO MESTRE LUA, EU DIGO QUE POUCOS SERES HUMANOS QUE PASSARAM POR AQUI E FORAM CHAMADOS DE MESTRE, SEM O SENTIDO RELIGIOSO DA PALAVRA, CLARO, O FORAM TÃO PROPRIAMENTE DENOMINADOS QUANTO O REI DO BAIÃO.


Um comentário:

Mirse disse...

Esta é a mais pura verdade. Se eu achar a obra do Mestre Gonzagão, e puder, compro toda. O grito de:
"VAI BOIADEIRO QUE A NOITE JÁ VEM"
entre tantos outros é lindo, é triste, é perfeito. Quando fui a Recife, passei só tres dias, mesmo assim num congresso, mas dei um jeito de fugir e procurar por discos de Luis Gonzaga. Não encontrei. Como não conheço a cidade, e tinha que seguir um roteiro, não deu mais tempo. Aqui no Rio, é difícil encontrar.
Não é possível que não haja um acervo musical dele.
E ele, Wellington, não é santo, porque Deus reserva para essas pessoas especiais um céu especial.
Existe o céu do João Cabral de Melo Neto, um céu de Luís Gonzaga e por aí vai. São pessoas que marcaram a humanidade, não com atos heróicos, ou com propaganda na mídia, mas com garra, com coragem e com amor.

Beijos, amigo

Mirze