segunda-feira, 25 de agosto de 2008

A FELICIDADE






DEPOIS QUE ENVEREDEI PELO CAMINHO DA MAGIA, TRASFORMANDO SETE COMPUTADORES EM QUATRO, DEPOIS DE VIR PASSAR NA FRENTE DE MINHA CASA CANDIDATOS A PREFEITO DIZENDO QUE AGORA VAI SER DIFERENTE, DEPOIS DE VER O FRACASSO COSTUMEIRO NAS OLIMPÍADAS SER SUAVIZADO PELOS CRONISTAS ESPORTIVOS DA GLOBO, QUE ACHAM EXCELENTE O FATO DE TODA A DELEGAÇÃO ESPORTIVA BRASILEIRA NÃO TER CONSEGUIDO NEM A METADE DO QUE UM ÚNICO ATLETA AMERICANO CONSEGUIU, DEPOIS DE CONSTATAR QUE OS IMBECIS DE SEMPRE CONTINUARÃO MANDANDO SEMPRE, E QUE ANA PAULA ARÓSIO NÃO VAI ME DAR BOLA MESMO, DEPOIS DE CONSTATAR QUE O JORNAL DE DOMINGO SAI MAIS GROSSO, NÃO PORQUE ACONTEÇA MAIS COISAS NO DOMINGO, E SIM PORQUE SÃO PRODUZIDAS-INVENTADAS MAIS NOTÍCIAS NESSE DIA, DEPOIS DE ESCUTAR NOTÍCIAS POLICIAIS, SABER QUE DEPOIS DE UMA NOVELA VEM OUTRA, QUE OS PAÍSES DO ORIENTE MÉDIO ESTÃO MAIS TACANHOS QUE O QUE SE PODIA SUPOR MESMO PARA OS PAÍSES DO ORIENTE MÉDIO, DEPOIS DE SONHAR COM UM ANIMAL MIANDO E PERDER 10 PRATAS PORQUE JOGUEI NO GATO QUANDO O BICHO SORTEADO FOI AVESTRUZ E CONSTATAR ESTUPEFACTO O CAMBISTA DIZER QUE EU NÃO "INTERPRETEI BEM OS SONHOS QUE TIVE", DEPOIS DE PENSAR QUE O QUE EU JULGAVA TER ACONTECIDO ONTEM( A CONQUISTA DO TÍTULO MUNDIAL DA COPA DE 94) JÁ ESTAR DISTANTE 14 ANOS, , APESAR DE EU DEIXAR MEU FILHO FAZER 8 X 0 EM CAMPEONATO DE VIDEO GAME E ELE DIZER( COM A RETRIBUIÇÃO PRÓPRIA DOS FILHOS) QUE EU ERA UM "PATO", DEPOIS DE DESCOBRIR QUE A INTERNET NÃO TEM A VELOCIDADE QUE OS ANUNCIANTES DIZEM TER, DEPOIS DE CONFERIR MAIS UM RESULTADO DA RODADA E VER A COLOCAÇÃO DO VASCO NA TABELA.
APESAR DISSO, SIGO FELIZ, MUITO FELIZ.

6 comentários:

Mirse disse...

Divino, Wellington. Dei boas risadas com sua sagacidade em torno das verdades. Concordo com tudo, mas de uma coisa, sei: o jornal de domingo vem mais grosso, porque vem com mais propagandas de consumo e políticas, além dos cadernos Morar Bem, da Revista que cada jornal tem a sua, e no sábado no jornal do Grande Irmão, ainda tem um caderno só para ELA, o caderno de literatura com inúmeros elogios ao Coelho,e as jóias e apês da família Antonio Bernardo. Agora não sei porque não vi, o jogo entre Vasco e Botafogo. Quando vi o toureiro esbravejando pensei que o Botafogo tinha perdido, mas foi empate. Que pena. Não gosto de jogos que empatam, nivelando em números a eficácia de times.

Grande abraço

Mirze

Mirse disse...

Voltei para dizer que toda vez que sonho, e sonho todos os dias e lembro, meu irmão Cabral, pergunta se sonhei com bicho. Como ele entende, tira lá suas conclusãoes e joga. Uma vez há alguns anos sonhei repetidamente com jacaré. Me incomadou tanto que telefonei para ele e falei, o danado jogou não sei aonde, se no rabo, na cabeça, pois não entendo disso, e ganhou um dinheirão. Depois a vida de mulheres dele, deu uma complicada e passei uns tempos sem saber de seu paradeiro. Bem, sonhei com rato uns tres dias, como não encontrei meu irmão fui no bicheiro e pedi para cercar o rato, uma vez que não sabia, pq. meu irmão nunca explicou direito esse negócio de cabeça do bicho. O tal do bicheiro disse que rato não existia no jogo do bicho. Fiquei revoltada, pois já estava pagando o maior mico, e quanto mais eu discutia, mais me enrolava. Enfim, nunca mais quero saber de bicho, ou jogo de bicho.

É isso.

Beijos
Mirze

Marcelo Novaes disse...

Esse texto é muito bom. Acho curiosa essa sua capacidade ( quase um milagre às avessas) de transformar sete computadores em quatro. izem que um bom analista de sistemas desmonta e monta qualquer programa, arquivo, etc. Você monta-desmontando. Dizem que, por tais habilidades, tais analistas de sistemas podem pleitear altíssimos salários e serem muito disputados. Já me ocorreu pedir a metade de tais salários, porque eu só desmonto. Como o que vc faz é mais complexo ( desmonta-montando, ou monta-desmontando), haveria algum trabalho técnico-contábil para aferir, com justiça, o mérito dos seus ganhos. O texto todo é muito bom, mas a sua magia "encolhedora e não multiplicadora" é digna de nota. Há sempre um ufanismo com o esporte brasileiro. Muitos não são patrocinados, a contento ( Tae Kwon Do ), e não há o que se dizer. O Cielo treina nos EUA. A Maurren é uma história individual. Quanto a esportes mais do que comemorados e celebrados ( e remunerados...), como é o caso do futebol MASCULINO ( feminino é outra história...), como na festa de encerramento o atleta destque das delegações portava a bandeira correspondente..., eu sugeriria que Ronaldinho gaúcho portasse a bandeira da Argentina. Bem apropriado o gesto de Maradona beijar-lhe a mão.Há um poeta que disse que "o mundo está aprendendo a jogar futebol", e essa hegemonia está se transformando em "relativa superioridade". Vide resultados recentes com seleções sul-americanas. Os nigerianos, africanos ( Camarões, etc.) ainda são ing~enuos, mas com bom toque de bola. Já ganharam da gente no sub vinte, e não foi uma vez só. Já levaram o título no campeonato sub vinte. O mundo tá aprendendo, ouça a voz que clama no deserto, em lugar dde nossa mídia ufanista...


Abraços,



Marcelo.

WELLINGTON GUIMARÃES disse...

NÃO HOUVE MILAGRE MARCELO, É MUIOT SIMPLES, EU QUIEMEI TRÊS PLACAS MÃE DOS PCS. AGORA VOU TER DE COMPRAR 3 PLAQUITAS. MAS O MAIS TEMEROSO DE TUDO ISSO É QUE EU NÃO DESISTI. ESTOU COMPRANDO UM PC (UM CARCAÇA DE PC) PARA FAZER DOIS. NÃO BRINCO, DE SETE EU FIZ QUATRO, DE UM FAREI DOIS.
QUANTO A MIRSE E SEUS PALPITES NO JOGO, EU NÃO DUVIDO, SEGUNDO GUIMARÃES ROSA A COISA MAIS CUSTOSA DE SE VER É CAVALO COM SOLUÇO, E RIOBALDO JÁ TINHA VISTO.
AINDA PARA MIRSE, QUANDO SONHAR COM RATO JOGUE PAVÃO, PORQUE? PORQUE TEM PLUMAS ORA! E NÃO VENHA COM CONVERSA, SE UM BICHO QUE MIA É AVESTRUZ LOGO...

WELLINGTON GUIMARÃES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
WELLINGTON GUIMARÃES disse...

GOSTARIA DE LEMBRAR AO POETA QUE O TÍTULO OLÍMPICO DE FUTEBOL, OU MEDALHA, COMO QUEIRA, NÃO FOI CONQUISTADO POR NENHUM PAÍS DA OCEANIA, ÁFRICA OU POR UM PAÍS QUE FIQUE NO CONTINENTE ASIÁTICO, QUEM GANHOU FOI A ARGENTINA, A VELHA E BOA ARGENTINA.
POR ENQUANTO A EVOLUÇÃO NÃO SE VERIFICA.
UM ABRAÇO,
WELLINGTON