sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

NÃO TE FARIA MAL

ELA SABE QUE NÃO SOU CANALHA, ELA SABE, PORTANTO FOI ALMOÇAR QUASE QUE SEM MEDO.

PORQUE EU A FARIA MAL?

FOI ELA QUE ME TOMOU OS PÉS, ME CORTOU AS UNHAS, ME FOI DE UM DESCANSO COMO FOI PARA JESUS A PROSTITUTA QUE LAVOU-LHE OS PÉS COM LÁGRIMAS E SECOU COM OS CABELOS. CLARO, NEM ELA É PROSTITUTA, MUITO MENOS EU SOU SOMBRA DE QUEM TEVE OS PÉS LAVADOS, MAS FOMOS AMADOS, E ESSA É A QUESTÃO. NÃO FOI UMA PROSTITUTA LAVANDO OS PÉS DE UM DEUS, FOI SÓ UM GESTO DE AMOR, SOFRIDO, DESESPERADO, DE AMOR SEM SEXO, AMOR PURO COMO SÓ UMA PROSTITUTA PODERIA SENTIR POR UM DEUS.

PORQUE EU A FARIA MAL?

ELA QUE CUIDA DE MIM COMO MINHA MÃE NUNCA CUIDOU, É MEU PAI MULHER. JUSTO ELA QUE PENSA QUE MORREREI DE UMA TOSSE, QUE ADVINHA MEUS MEDOS, PARA QUEM JÁ NÃO MINTO E DE CUJO CORPO, COM BOCA, SEXO, CHEIRO, CALOR E LÍQUIDOS, FOI TÃO MEU, E É AINDA, QUE É COMO SE EU AINDA NELE, EMBORA LONGE.

NÃO, NUNCA FAREI O QUE DISSE, ESTEJA CERTA DISSO, E NISSO ESTÁ TUDO, NUNCA FAÇO MAL A QUEM AMO (NÃO CONSCIENTEMENTE) E ISSO NÃO É POR VOCÊ, É POR MIM. PRECISO SER LIMPO NO MEIO DE MINHA SUJEIRA, DE MINHA LAMA, NÃO PERCO O FIO QUE ME PRENDE À DEUS, AINDA QUE FRÁGIL ELE NÃO ARREBENTA.

NÃO FIZ, NUNCA FAREI MAL A TI, FOFURETE, NO MÁXIMO UMA MENTIRINHA BOBA, MAS SENDO MINHA, CHEIA DE UMA QUASE VERDADE, OU TODA VERDADE ENVOLTA EM QUASE MENTIRAS.

NÃO SOMOS MAIS O QUE FOMOS, NUNCA MAIS SEREMOS, MAS TE QUERO BEM, LONGE DE MIM, DENTRO DE MIM. TORÇO PELO TEU SONHO, TORCES PELO MEU, SOMOS AMIGOS, SOMOS IRMÃOS, SOMOS MAIS QUE ISSO, SOMOS O AMOR.

NUNCA NA VIDA FARIA UM MAL A MIM, NUNCA FAREI A TI.

2 comentários:

Mirse Maria disse...

O mais belo amor, eterniza-se na amizade, sincera.

Mas só um pontinho: no máximo uma mentirinha boba?................????

Melhor calar.

Beijos

Mirse

Fofurete disse...

Pois é, querida Mirse! O melhor é calar mesmo, ao contrário acabaremos com as ilusões das pessoas. E mentiras "bobas" querendo ou não, dão um gostinho mais especiais na caminhada.
Xero nos dois.