segunda-feira, 19 de outubro de 2009

CONDE DO BREGA E NIETZSCHE

CONDE DO BREGA CANTA: "O QUE EU FIZER ERRADO ESTÁ CERTO". NIETZSCHE DIZIA QUE HAVIA HOMENS SUPERIORES A OUTROS, E QUE AS ESTES ERA PERMITIDO ATÉ DISPÔR DA VIDA ALHEIA (DOS INFERIORES). BOM, SOU UM SIMPLÓRIO, NÃO PRETENDO SER NADA MAIS QUE ISSO, GOSTO DA PALAVRA, EMBORA ELA TENHA SIDO CORROMPIDA COMO TODAS.

SENDO UM SIMPLÓRIO, E SOU, PERGUNTO COMO IDIOTA, IDIOTA QUE SOU: O QUE FAZ UM HOMEM SUPERIOR À OUTRO? O QUE LEVA A ACHAR QUE MINHA VIDA É MELHOR E MAIS VIDA QUE A DE UM OUTRO?

MAS NÃO FICO SÓ NA PERGUNTA INFANTIL E SIMPLÓRIA (NÃO TENHO RECEIO DISSO, GRANDES FILÓSOFOS, E NÃO É O CASO, SE VALERAM DE PERGUNTAS SIMPLÓRIAS), PERGUNTO AOS QUE ME LÊEM, OU SEJA, A NINGUÉM, SE O FILÓSOFO ALEMÃO (PARA MIM UM GRANDE POETA) FOI SUPERIOR A SHAKESPEARE COMO QUIS, SE CONSEGUIU ATINGIR SUA META E ACABAR COM O CRISTIANISMO. EU RESPONDO, SIMPLORIAMENTE, CLARO. NÃO, SHAKESPEARE É O ESCRITOR A SER LIDO, JESUS O ÚNICO A SER SEGUIDO.

ENTÃO O ALEMÃO ERROU EM SUA AVALIAÇÃO PESSOAL. ERROU.

Um comentário:

Mirse Maria disse...

Nietzsche e Shakespeare. Não há comparação. Andom em diferentes e paralelos caminhos, que jamais se encontrarão.

O objetivo de Nietzche era a filosofia e seguidores para ela.

Shakespeare, ao contrário , foi um dos maiores escritors dos tempos. O tempo jamais consumirá as peças de Shakespeare.

Uma base filosófica pode diferir. Mas um grande escritor, é único. Como Shakespeare o foi.

Bela postagem, Well!

Parabéns!

Beijos

Mirse