quinta-feira, 11 de março de 2010

A JOVEM GUARDA

SE HÁ ALGO ABOMINÁVEL, CAFONA, IDIOTA, CRETINO, INSUPORTÁVEL, ISSO NÃO PODE SER TANTO QUANTO A "JOVEM GUARDA". RECONHECER VALOR NAQUILO É UMA DE UMA ESTUPIDEZ TOTAL. EU DESCONHEÇO UMA MÚSICA, SÓ QUERIA UMA, UMAZINHA, DESSE PSEUDO-MOVIMENTO, QUE NÃO SEJA COISA PARA RETARDADO, ANALFABETO, ENERGÚMENO, CALHORDA, PASCÁCIO, NÉSCIO, SACRIPANTA, E QUANTOS ADJETIVOS EXISTIREM PARA QUALIFICAR NEGATIVAMENTE UMA COISA.
AS LETRAS DA MÚSICA FEITA POR ESSA GENTE DIZ TUDO. AI VÃO PÉROLAS QUE QUALQUER SER NORMAL, NÃO PRECISA SER UM GÊNIO, BASTA SER NORMAL, TEM ÂNSIAS DE VOMITAR QUANDO NOS CHEGAM AOS OUVIDOS:

FESTA DO BOLINHA

Eu ontem fui a festa
Na casa do Bolinha
Confesso não gostei
Dos modos da Glorinha
Toda assanhada
Nunca vi igual
Trocava mil beijocas
Com Raposo no quintal...

Porém pouco durou
Aquela paixão
Pois, Bolinha com ciúmes
Formou a confusão
Aninha tropeçou
E os copos derrubou
E a casa do Bolinha
Num inferno se tornou...

Bolinha provou
Que é ciumento prá chuchu
E que não gosta da Lulu
Bobinha que por ele
Ainda chora...

Com tanto pão
Dando bola no salão
Luluzinha foi gostar
Logo de um Bolão...(2x)

CORAÇÃO DE PAPEL

Se você pensa que meu coração é de papel
não vá pensando pois não é
ele é igualzinho ao seu
e sofre como eu
porque fazer chorar assim a quem lhe ama

SPLISH SPLASH

Splish Splash
Fez o beijo que eu dei
Nela dentro do cinema
Todo mundo olhou me condenando
Só porque eu estava amando

PODERIA CONTINUAR, CHEGA! AS MÚSICAS SÃO DISSO PARA PIOR.
QUEM GOSTAR DISSO NÃO PODE SER CHAMADO DE SER HUMANO, DEVE SER CHAMADO DO QUE É, DE BURRO.

3 comentários:

Mirse Maria disse...

Ah Well! meu amigo RADICAL!

Na época da jovem guarda, movimento que foi criado e anterior ao Tropicalismo, foi importante existir um grupo brasileiro, mesmo com músicas atualmente "cafonérrimas", mas entrou para a História da Música Brasileira que só ouvia e cantava o que os americanos queriam: Beatles, só para citar um exemplo.

Qualquer movimento, musical, estudantil, literário, que seja novo, abre portas para outros.

Era um Brasil pré ditatorial. As músicas melhores eram proibidas e os compositores exilados.

Claro que "A Banda" de Chico Buarque foi posterior à jovem guarda, mas não fosse a JG, não teria havido os Festivais de Música Brasileira, sequer o Tropicalismo!

O pensamento da época era purista.

Nosso coração não é de papel, mas isso a ditadura não proibia.

Não acha que foi melhor que a era XUXA, ou as duplas?

Bem a música, a literatura, a história, devem ser levadas em conjunto a um mesmo ponto.

Perguntar o "porque" do movimento, explicaria.

Valeu a postagem!

Beijos

Mirse

WELLINGTON GUIMARÃES disse...

MIRSE, A JOVEM GUARDA ERA UMA CÓPIA RIDÍCULA DOS BEATLES. ELA COMEÇOU NO MEIO DA DITADURA, E NUNCA FOI UM MOVIMENTO DE NADA, SEQUER SE CHAMAVA JOVEM GUARDA. O NOME DO QUE NO BRASIL VEIO A SER CHAMADO DE JOVEM GUARDA, ERA NA VERDADE "IÊ-IÊ-IÊ" , INSPIRADO EM UM FILME COM OS BEATLES QUE TRADUZIDO FICOU:"REIS DO IÊ-IÊ-IÊ." TUDO NA JOVEM GUARDA ERA INFLUÊNCIA AMERICANA OU INGLESA. NADA MAIS PROVINCIANO E CARICATURAL QUE A JOVEM GUARDA, COM SEU FIGURINO, MÚSICAS, E COMPORTAMENTOS COPIADOS.
QUANTO A ABRIR PORTAS PARA O TROPICALISMO É UMA OUTRA COISA QUE DISCORDO, FOI O CONTRÁRIO, O TROPICALISMO, EMBORA TENHA VINDO DEPOIS, FOI QUE FEZ, ATRAVÉS DE CAETANO, UM ESPÉCIE DE RESGATE DO PESSOAL DAQUELE "MOVIMENTO". O ROBERTO RECONHECEU ISSO AGORA, NA COMEMORAÇÃO DE AMBOS PELA BOSSA NOVA. A JOVEM GUARDA NÃO TINHA IMPORTÂNCIA NA MPB, TANTO É VERDADE QUE TODO MUNDO USAVA GUITARRA NELA, MAS QUANDO CAETANO FEZ ISSO, ANOS MAIS TARDE, FOI VAIADO. É SIMPLES, O PESSOAL DAQUELA ÉPOCA TINHA MAIS CRITÉRIO ARTÍSTICO, HOJE TUDO QUE É LIXO, SEJA CULTURAL, SEJA POLÍTICO, TEM DE SER "RESPEITADO", PARA O CARA SER MODERADO, PONDERADO, E TAL.

BEIJOS, MINHA PACIENTE AMIGA.

Mirse Maria disse...

Certo!

Aceito!

Bjs

Mirse