segunda-feira, 27 de outubro de 2008

PARABÉNS, PITOCUDO.






ELE ME CHAMA DE "ZÉ ROELA", "COXINHA", "BODE VELHO", DIZ QUE EU SOU UM "PATO" NO VÍDEO GAME, GOSTA DE ME FAZER DE EMPREGADO, ME CHAMA DE BURRO.

TODA SEXTA-FEIRA ELE VEM, E FICA COMIGO, E RIMOS, DORMIMOS E COMEMOS JUNTOS.

É, AMANHÃ ELE FARÁ SETE ANOS. TÁ GRANDE, FORTE, EU TAMBÉM. ELE MAIS FORTE POR FORA, EU MAIS FIRME POR DENTRO.

ELE ESTÁ MAIS FALANTE, EU JÁ NÃO BEBO. ELE AINDA NÃO FAZ PLANOS PARA O FUTURO, EU SIM.

VÍNHAMOS ANDANDO DE NOITE, E EM UMA PONTE DE FERRO, ELE ME PERGUNTOU: PAÍNHO, QUANDO VOCÊ VAI FICAR BOM?

QUANDO EU TOMAR UM MONTE DE COMPRIMIDOS.

E ELE: UM MONTE ASSIM, FEZ UM GESTO LINDO, ARQUEANDO OS BRAÇOS.

EU DISSE: É.

FAZ QUASE TRÊS ANOS ISSO, E NÃO HOUVERAM MUITOS DIAS NESSES MAIS DE MIL, EM QUE NÃO ME LEMBRE DESSA CENA.

DE LÁ PARA CÁ NÃO MUDOU MUITA COISA NAS NOSSAS COISAS E MANEIRAS, MENOS AINDA NOS MEUS GOSTOS, CONTINUO GOSTANDO DAS MESMAS COISAS E LOISAS, NÃO GOSTO DO QUE NÃO GOSTAVA ENTÃO, GOSTO DO VASCO AINDA, APESAR DE...

BOM, LEVANTO O TOM, E ME ANIMO PORQUE AMANHÃ NÃO É UM DIA QUALQUER, AMANHÃ É DIA 28 DE OUTUBRO, É DIA DO PITOCUDO BRANCO COMPLETAR 007 ANOS, É DIA DO REI DOS PITOCUDOS BRANCOS, É DIA DE AMOR.

E SE É AMOR, FALEMOS DELE.

GOSTO TANTO DELE QUANTO UM SER PODE GOSTAR DE OUTRO, QUALQUER TREJEITO DELE É UM DESLUMBRE NOVO.

SE ALGUÉM ACHAR ISSO AÇUCARADO, DESINTERESSANTE, OU PESSOAL DEMAIS, EU , DELICADAMENTE, DEVO DIZER: DANE-SE!

PORQUE PERTO DELE SHAKESPEARE VIRA UM TOLO, LITERATURA, UMA CHATICE, CAETANO, VASCO, O QUE PREZO, SOME, PORQUE PREZO MAIS UM SORRISO DELE QUE QUALQUER OUTRA COISA.

O QUE HÁ NA VIDA QUE VALE A PENA?

UM FILHO.

AMANHÃ NÃO ESTAREI COM ELE NO ANIVERSÁRIO DELE, ESTOU EM RECIFE, MAS ESTOU ALEGRE, E ELE SABE QUE NÃO ESTARMOS JUNTOS É O QUE MENOS CONTA, NOS AMAMOS MUITO.

ELE NÃO NÃO SABE LER AINDA, MAS SABERÁ , E QUANDO SOUBER, LERÁ O QUE DIGO-LHE AGORA COM FEBRE, SEM DOR:



NO DIA EM QUE VOCÊ FAZ SETE ANOS, EU CREIO MAIS NO HOMEM, NÃO ACHO NADA MAU, PROPONHO AMIZADE AO UM CARA QUE ME XINGOU. SABE PORQUE? PORQUE É SEU ANIVERSÁRIO.
NO DIA EM QUE FAZES MAIS UMA ANO, ME EMOCIONO, FICO ALEGRE, AMENO, CORDIAL, MENOS PESSIMISTA, MENOS ATEU, MAIS PIEDOSO, MENOS ARROGANTE. MAIS HUMANO, SABE PORQUE?
PORQUE É DIA DE LEMBRAR QUE VOCÊ HABITA E DEIXA MAIS HABITÁVEL O NOSSO MUNDO, O MEU MUNDO.
VOCÊ ME SURPREENDE, SEMPRE. ME LIVROU DOS VÍCIOS, DA MINHA ALMA PODRE, DE MINHA DOR.
QUANDO VOCÊ VEIO AO MUNDO, O MUNDO SE ME APRESENTAVA TRISTE, PORQUE ME DERAM UM PRAZO(DOIS ANOS) PARA EU DEIXÁ-LO, CONFABULEI A IMENSA DOR QUE SERIA NÃO PODER TE PEGAR NOS BRAÇOS, E HOJE PEGO-O NO BRAÇO(DE VEZ EM QUANDO, O CARA É UM TOURO), DOS DOIS ANOS SE PASSARAM MAIS CINCO, E ESTOU VIVO,FELIZ E TE DEVENDO, SEMPRE.
QUANDO VOCÊ ME DISSE COISAS QUE ME ASSUSTAM, AINDA HOJE, QUANDO LEMBRO DELAS, ME FEZ SAIR DO VÍCIO , ME FEZ VOLTAR PARA DENTRO DA VIDA.
VOCÊ É O QUE SALVOU O PAI, E QUEM SALVA UM SER TEM MEU RESPEITO, QUE, SALVA UM PAI, MINHA DEVOÇÃO.
SEJA FELIZ, SEJA O QUE SEJA, PROCURE O BEM, O CERTO, O CORRETO.
SIGA SEMPRE EM FRENTE, E QUANDO FOR MAIOR, SABERÁ QUE MINHA ALEGRIA DE VIVER TEM UM NOME, REGISTRADO, EM CARTÓRIO POR MIM, SIM, MINHA ALEGRIA EXISTE FISICAMENTE, ANDA, FALA , SORRI, GARGALHA, JOGA E ME CHAMA DE "ZÉ ROELA". MINHA ALEGRIA NÃO É FRÁGIL, PORQUE UMA AMOR DO TAMANHO DO QUE SINTO POR VOCÊ, NÃO É FRÁGIL NUNCA.
DEUS TE ILUMINE, TE PROTEJA E TE FAÇA UM HOMEM DE BEM.

2 comentários:

Marcelo Novaes disse...

Wellington,

Seu filho já fez um grande bem a vc ( e, provavelmente, à mãe dele, também), independente do que ainda fará. Que bom que ele cresça forte, saudável, alegre, espontâneo ( sem amarras e inibições de criações de outros tempos), livre para expressar-se, perguntar, opinar, aprender. Crescer, enfim.


Dê um abraço nele! E eu não vou chamá-lo por um nome tão exclusivo, que só pai pode dar. Mas lhe dê um abraço!



Fiquem com Deus!






Marcelo.

Mirse disse...

Bom, se era o que queria, estou chorando sim. Nunca tinha visto uma declaração de amor tão grande, de pai para filho, e tão intensa, quanto esta. E me questionei sobre os pais que conheço. Deve ser muito bom viver numa época onde o amor entre pai e filho, flua tão livremente. Parabéns, Wellington! Seu filho já é o mais feliz do mundo.

Beijos

Mirze