domingo, 14 de setembro de 2008

CAETANO VELOSO SE REFERIU A NARA LEÃO COMO UMA ADORÁVEL CRIATURA PECULIAR À ZONA SUL CARIOCA, YARA É MINHA NARA LEÃO.
ELA ESCREVEU UM POEMA UM VEZ E ME PEDIU QUE DESSE OPINIÃO, EU DEI, DISSE QUE O POEMA NÃO ERA BOM. ME MOSTROU OUTRO. DESSE GOSTEI. AÍ VAI:



Tenho fases como a lua
Tem dias que eu não sei nada
Tem coisas que fico surda
Tem tardes que olho a rua
Tem noites que vôo longe
Perdida na minha estrada
E tenho fases como a lua
Abri a janela ao lado
Da porta do meu destino
Procurei o cadeado
Que travou o meu caminho
Me perdi nessa loucura
Mas me disse um passarinho
Tu tens fases como a lua
Parei pra pensar na vida
Descobrir o que eu sou
Saiu moleca atrevida
Confusa e toda perdida
Que nem sabe qual a sua
Mas tem fases como a lua
Olhei todos os meus passos
Pensei todos os meus rumos
Busquei só mais um descanso
Pedi só mais uma paz
E deitada sobre a relva
De passados matinais
Ouvi a lua dizer
Nós duas somos iguais
Assim entregue ao cansaço
Sob a sua claridade
Tive um sonho tão bonito
Armadilha ou desatino
Que até parece miragem
E depois dessa contagem
Descobri que quando tua
Tenho mais fases que a lua



EU GOSTEI, ADOREI.
YARA É UMA MENINA DE 20 ANOS, ELA LÊ, E PENSA COM OPINIÃO PRÓPRIA, O QUE É RARO. MAS É INGÊNUA DEMAIS, EU A CHAMO DE MINGAU, AQUELE PERSONAGEM DE DESENHO ANIMADO QUE TEM CARA DE ABESTALHADO E É ADORÁVEL. ELA TEM CARA DE MINGAU, ABESTALHADA, LINDA E ESTUDIOSA, CURSA DUAS FACULDADES.
ELA É DOCE, FOI PARA O ZOOLÓGICO EM RECIFE, FIQUEI COM MEDO. ESTAVA QUEBRANDO COMPUTADORES DE MADRUGADA, CONFABULEI ELA NA BOCA DE UM LEÃO, PORQUE NÃO EXISTE ANIMAL COM CARA MAIS DE ABESTALHADO QUE O LEÃO.
ELA É MIMADA, BONITA E QUASE RICA, PODERIA SER INSUPORTÁVEL, É ADORÁVEL.
E ELA ADOROU "O ESCUDO, O ELMO E A SOMBRA" , NÃO A COAGI. DÁ PARA NÃO AMAR UM SER ASSIM?

4 comentários:

Yara disse...

Como se não fosse novidade você me deixa novamente sem palavras... a única novidade agora é que você conseguiu deslocar todo o sangue do meu corpo para as minhas boxexas ( Tô morta de vergonha) Você Wellington é um LOUCO um louco que eu adoro mas ainda sim um louco... quem sou eu pra figurar entre os iluminados poetas que existem aqui neste Blog... pobre de mim... agradeço o carinho e sei que no fim essa é a justificativa maior ... só muito carinho pra fazer uma loucura dessas....

Marcelo Novaes disse...

Yara é uma boa pessoa. Conservar a ingenuidade aos vinte, é sinal de bondade. Ainda que o universo conspire contra. Sim. Logo providencia uma traição que corrige a ingenuidade. O universo não perdoa os ingênuos.Pelo menos, abaixo da lua...


Mas Deus , sim...


O poema da Yara é muito legal. Teu poema é bom, Yara, pode crer.Ele é "redondo", no bom sentido do termo.


Abraço, Wellington.




Beijo, Yara.



Marcelo.

WELLINGTON GUIMARÃES disse...

YARA


ESSE É O CARA QUE TE FALO. O ERRO QUE ELE COMETER É MENOS ERRO. PORQUE ELE ESCREVEU "O ESCUDO, O ELMO E A SOMBRA" E MAIS DEZENAS DE OBRAS-PRIMAS DA POESIA DE HOJE E DE SEMPRE.
VOCÊ TEM DE IR NO BLOG DELE. AGORA TEM O SEGUINTE: QUANDO VOCÊ CONSTATAR QUE ELE ESCREVE UMAS DEZENAS DE QUATRILHÕES DE VEZES MAIS QUE EU, NÃO ME DESPREZE.

OS COMENTÁRIOS FEITOS POR ELE SÃO DELE, POR INICIATIVA DELE. NÃO PEDI A ELE QUE FIZESSE OS COMENTÁRIOS QUE FEZ.
O POEMA É BOM MESMO.
UM BEIJO, AGORA FAREI UM TEXTO PARA A CACHORRA.

Mirse disse...

Qomo cheguei por último, sou a primeira.
Yara, você é uma poetisa e precisa compartilhar seus dons. Wellington pensa que não é, mas é um dos melhores. Mas eu, minha amiga, preciso aprender! Venha, junte´se a nós. Peça ao Wellington para postar no blog dele, ou para ele fazer um para você. Parabéns, querida!
Wellington: sempre lhe falei que você esconde as cartas embaixo da manga até quando conserta computadores. Porque escondeu a Yara? Como esconde os poemas de Joãao Cabral de Melo Neto?
Marcelo: Meu menino-gigante-poeta.
Os cariocas não dominam o sotaque televisivo. Quem domina são os paulistas! Domingão do Faustão, Ana Maria Braga etc... Agora noixs temos um "accent" que os outros admiram. Fazer o que? Joinha agora? Beleza!
Amo voces.

Beijos
Mirze